Skip to content

Review: Contágio (Contagion, 2011)

03/11/2011

Esse filme passou completamente despercebido pelo meu radar. Eu só sei que um dia muito tempo atrás eu vi um trailer dele, e nunca mais ouvi falar. O que eu acho surpreendente dado que ele tem um dos elencos mais impressionantes que eu já vi em muito tempo. A história basicamente começa com uma mulher voltando de sua viagem à Hong Kong indo ao encontro de sua família. Ela porém começa a apresentar sintomas estranhos que vão se agravando rapidamente até sua morte. Diversas pessoas em lugares diferentes começam a parecer sofrer da mesma doença e uma corrida começa para parar a epidemia.

Eu vou começar falando um pouco das qualidades do filme, que são muitas, mas não vai tomar muito espaço. As atuações, como já era de se esperar, são perto de impecáveis. Kate Winslet, Matt Damon, John Hawke, Laurence Fishburne, Marion Cotillard, …, e a lista só continua. Essas são todas pessoas que não precisariam de nenhum tipo de guia pra fazer um bom trabalho, e ainda assim Steven Soderbergh já é conhecido como bom diretor de atores, era previsível que isso seria uma qualidade clara do filme.

Além disso eu queria comentar simplesmente que o filme é interessante. Eu não costumo gostar de filmes sobre epidemias com frequência, não sei exatamente porque, só sei que em geral eu não consigo me entreter tanto. Esse filme faz muito bem a conexão emocional com as personagens com o objetivo de fazer você realmente se importar com o que está acontecendo. Isso realmente fez a diferença.

Agora para o outro lado da moeda. O filme é muito bem acabado e muito corretamente construído. Ok, eu sei que isso é uma qualidade, eu não estou ficando doido. A questão é que o filme realmente não toma nenhum risco. Ele não tenta ir em lugares que não foram explorados. Ele é aquele típico filme muito bom que não tem nada de especial. É uma das grandes provas de que o filme pode ser perto de impecável, mas mesmo assim não ser impactante.

E eu tenho que confessar que todos os filmes que eu já vi do Steven Soderbergh tem efeitos parecidos em mim, e todos que eu não vi dele mas vi trailer me dão a mesma impressão. Talvez seja algo bem pessoal meu, mas enfim.

No mais, não vai ser um filme que vai ficar na minha memória por muito tempo, mas é um filme que eu recomendo todos verem, porque tem qualidade inegável.

Nota: 8,0 de 10,0

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: